Testemunhos

Regresso à Escola

 

 

Rafaela Grácio trabalha atualmente no Conselho da União Europeia, em Bruxelas. Frequentou o Colégio Vasco da Gama entre 1993 e 1998 e voltou ao CVG em 28/03/2017, no âmbito do projeto europeu “Back to School” (Regresso à escola), uma iniciativa que permite aos funcionários das instituições da União Europeia (UE) visitarem a sua escola e partilharem as suas experiências na UE.

 

 

“Escrever este testemunho é-me extremamente complicado pois trago o Colégio Vasco da Gama comigo desde que de lá saí, em 1998.

É no colégio que tenho as melhores memórias de mim. Base da minha educação e formação, o Colégio Vasco da Gama será sempre uma referência em qualquer discurso que faça sobre os valores que me foram sendo incutidos ao longo da minha escolaridade.

Hoje, quase vinte anos volvidos desde o meu último dia como aluna do colégio, regressei à escola para partilhar um bocadinho da minha experiência profissional com os atuais alunos do 9º e 10º anos. O carinho com que fui recebida por todos foi exatamente o mesmo de há anos atrás. Não fossem as caras novas e as mudanças nalguns espaços, e era capaz de jurar que ainda de lá não tinha saído.  

 

Bem hajas Colégio Vasco da Gama e os teus espaços verdejantes e acolhedores que tão bem me receberam!

Bem hajas Colégio Vasco da Gama e o teu corpo docente que faz com que aprender seja um verbo feliz!

Bem hajas Colégio Vasco da Gama e a tua Direção de pessoas íntegras e maravilhosas que te construíram e orientam todos os dias no trabalho meticuloso que é o de formar gente!

Bem hajas Colégio Vasco da Gama que me deste os melhores anos da minha vida!

Homenagear-te assim, é uma honra!”

Rafaela Grácio

 

 

 

ASSOCIAÇÃO JUVENTUDE DE SINTRA PRESIDIDA POR ANTIGO ALUNO

 

Aos 18 anos, João Pedro Terrinha, primeiro presidente da Associação de Estudantes do Colégio, é presidente da JDS, a Associação Juventude De Sintra. A Associação tem como objetivo «unir e dinamizar os jovens do Concelho de Sintra em 5 áreas fundamentais: Educação, Desporto, Solidariedade, Política e Cultura».

O nosso antigo aluno marcou presença com a mãe, a atriz Manuela Couto, no programa “Você na TV” apresentado por Manuel Luís Goucha, na TVI.

Na entrevista, tanto ele como a mãe fazem referência ao Colégio Vasco da Gama e ao Diretor, Dr. Inácio Casinhas.

 

 


Antigo aluno Miguel Gameiro em entrevista exclusiva

 

 

«Que saudades do Vasco da Gama»

 

«Já Não Canto Essa Canção” é o primeiro single do novo álbum de Miguel Gameiro, que frequentou o Colégio Vasco da Gama até 1986.

Miguel Gameiro inicia-se na música em 1992, com 18 anos, como um dos fundadores dos Pólo Norte, grupo que em 2006 o faz regressar ao nosso ginásio, onde é apresentado o álbum “Deixa o Mundo Girar”, num concerto exclusivo para os nossos alunos.

Três anos após ter editado o primeiro disco a solo “A Porta ao Lado”, Miguel Gameiro lança agora “11 Canções”.

 

– O que podemos esperar destas “11 Canções” (disco editado em 2013)?

É o meu segundo disco a solo. É um disco de canções sobre e para as pessoas. São histórias que não são minhas, que conto em forma de canção.

 

– De que forma o CVG influenciou o seu percurso musical?

O CVG representou muito para mim, quer a nível formativo, quer a nível de  vivências pessoais.

 

– Lembra-se das aulas de música? O que é que mais gostava?

Lembro-me perfeitamente. Guardo essas aulas com um carinho especial. O Professor Manso, cativava-nos e incutia-nos o gosto pela música. Gostava muito das aulas de música e tiveram um papel determinante no meu percurso musical.

 

– Há algum professor ou funcionário da escola de quem se lembre particularmente?

O Professor Manso, o Professor Inácio, o Professor Quim Pereira…eram tempos em que o professor era uma extensão da formação que tínhamos em casa e existia uma comunicação constante entre professores e pais. Muito bons professores e excelentes pessoas do ponto de vista humano.

 

– Qual foi a sensação de voltar ao CVG como músico e dar um concerto para os nossos alunos, no ginásio onde tantas vezes teve aulas?

Foi um momento único. Passei grandes momentos naquele pavilhão, já que a educação física era uma das minhas disciplinas favoritas.

Voltar tantos anos mais tarde, foi uma emoção muito grande.

 

– Que memórias guarda dos tempos que passou no Colégio Vasco da Gama?

Por vezes em conversas entre amigos, falamos da infância e adolescência de cada um e é inevitável falar do “meu” colégio.

Lembro-me que em determinada altura, não descansei enquanto não fui para o liceu e depois de lá estar pensei para mim: mas é isto? Que saudades do Vasco da Gama:)

 

http://miguelgameiro.com/

 

 

 

 

ANTIGO ALUNO PAULO MATEUS CRIA PROJETO DE SUCESSO

 

São muitos os antigos alunos que escolhem o Colégio Vasco da Gama para a educação dos seus filhos. Paulo Mateus, antigo aluno do CVG e pai de dois atuais alunos, apresentou ao Colégio o projeto WEDUC, uma espécie de facebook para escolas, idealizado e desenvolvido pela Lusoeduc, SA., uma  empresa portuguesa de novas tecnologias de informação e comunicação.

O Colégio aderiu à plataforma faseadamente e, neste momento, é já uma aposta ganha. Os mais entusiastas são, sem dúvida, os pais da Educação Pré-Escolar que podem agora acompanhar o dia-a-dia dos seus filhos, em qualquer lugar e a qualquer hora.

Noticia no Jornal Publico

 

 

 

 

TESTEMUNDO DO TENISTA FREDERICO GIL AO JORNAL DESTAK

 

«Estudava no Colégio Vasco da Gama, de que gostei, e depois passei para a escola pública em Colares, e concluí que tinha muito boas bases.»

 

In: http://www.destak.pt/

 

 

 

 

OUTROS TESTEMUNHOS

 

«A minha experiência como aluna do Colégio Vasco da Gama foi bastante enriquecedora e fundamental para o meu percurso quer pessoal quer profissional. Dos 5 anos no Colégio relembro com grande satisfação, valores como a disciplina, o respeito, a consideração, a admiração e a amizade entre os colegas e os professores. Estes valores e princípios de educação transmitidos pelo seu fundador – Dr. João Nabais – foram essenciais para a minha formação e estiveram sempre presentes, os quais procuro transmitir também aos meus filhos, ambos alunos do Colégio, e de quem espero que os pratiquem ao longo da sua vida.Gostava de acrescentar que esta cumplicidade e afeto permaneceram nos quase 30 anos que passaram, o que leva a que, ainda hoje, seja acarinhada por esta Instituição e que seja com muita alegria que participe nas suas atividades.»

 

Ana Margarida Carvalho

Aluna do ano letivo 1977/78 até 1981/82

 

 

«Fui aluno do Colégio Vasco da Gama durante 9 curtos anos, importantes anos que nunca esquecerei e que marcaram indelevelmente a  minha vida e maneira de ser. Adquiri, neste colégio, princípios indispensáveis a qualquer bom cidadão. Desejando os mesmos benefícios para as minhas filhas, frequentam agora, também, esta instituição, à qual agradeço profundamente, e demonstro desta forma, imensa saudade.»

 

Paulo André

 

 

«Fui aluno do CVG de 1976 a 1981 e nessa altura estava longe de pensar que hoje, passados quase 30 anos, as minhas duas filhas frequentariam também esta prestigiada instituição, fundada pelo saudoso Dr. Nabais. O cenário é o mesmo e alguns dos meus professores são agora os professores da Inês, mas… eu passei de aluno a encarregado de educação. Pensando bem, daqui a pouco mais de um ano, a Inês fará, tal como eu, parte dos antigos alunos do Colégio – curioso! Espero que daqui a alguns anos possa escrever mais algumas linhas, mas nessa altura como avô de um(a) aluno(a), pois o CVG já faz parte da família.»

 

Anabela Pinto

 

 

«E se como diz o povo, “recordar é viver”, estas breves linhas transportam-me há quarenta e sete anos atrás quando eu era criança. Foi neste colégio que dei os meus primeiros passos e brincava nos diferentes espaços ao ar livre. Ano após ano, fui crescendo no meio dos seus primeiros alunos e foi assim que decorreu a minha primeira infância, pois os meus pais eram professores do colégio e vivíamos na moradia que, há alguns anos atrás, serviu de biblioteca. Quando chegou a hora de ir para a escola, não foi novidade pois já conhecia todos os cantos da casa. Decorria o ano de 1969 quando entrei na 1ª classe, sendo este o 2º ano em que as meninas frequentavam esta escola. Por isso, éramos poucas e só havia uma turma em cada classe. Conhecíamo-nos todos uns aos outros e era mais fácil o relacionamento. Vivi dentro deste colégio 14 anos e ainda hoje, ao acordar, continuo a ter diante de mim o antigo edifício reconstruído. Embora fora, espero continuar a ter a visão da escola que me acolheu e que me recorda os verdes anos da minha infância.

 

Cristina M. C. T. Martins

 

 

«Fui aluno do Colégio Vasco da Gama entre Outubro de 1970 e Junho de 1974, ano em que fiz o 5º Ano. Essa experiência, pela sua intensidade, sobrepôs-se às demais que tive noutras escolas que frequentei, criando no meu espírito, onde permanece, o sentimento de ter sido o Colégio Vasco da Gama, o único estabelecimento de ensino que frequentei. De entre os vários valores que o Colégio me ajudou a consolidar, destaco a noção de respeito pelas coisas dos outros, que tanto tem contribuído, ao longo da minha vida, na criação e reforço de boas amizades.»

 

Eduardo Maria Lagoa Ribeiro de Almeida

 

O ex-aluno do Colégio Vasco da Gama André Gago

 

 

 

Frederico Gil acompanhado por Eduardo Carona (1995)

O nosso colégio

Com mais de 50 anos de história o Colégio Vasco da Gama é uma escola com um passado notável mas de olhos postos no futuro!

         

Contactos

Av. Dr. João António Nabais nº 71-73 Meleças 2605-045 Belas

Telefone: 21 919 83 00

Fax: 21 916 36 14

Email geral:
geral@colegiovascodagama.pt

Contacte-nos