iCLass

Resultado do cruzamento de três áreas centrais no processo ensino-aprendizagem, o projeto iClass começou por ser aplicado no ano letivo 2016/2017 numa turma de 7º ano.

As bases do projeto são tridimensionais, ou seja, tem em conta 3 aspetos essenciais: Pedagogia / Espaço / Tecnologia.
São utilizadas pedagogias ativas, num espaço multidimensional com recurso a tecnologias que promovem o trabalho colaborativo.
No ano letivo 2017/2018, devido ao sucesso que o projeto teve no 1º ano, optou-se por alargar o projeto a todas a turmas de 7º e 8º anos. Assim sendo, passámos de 19 alunos envolvido no projeto para cerca de 120.
No ano letivo 2018/2019, todo o 3º ciclo começou a trabalhar em iClass.
Em termos de alterações, houve uma evolução desde o início do projeto até ao estado em que está neste momento e que fez com que professores e alunos da turma-piloto se apropriassem das ferramentas de forma consistente.
A saber:
  • O projeto começou com emails outlook não profissionais e só numa fase posterior (no mês de janeiro) é que passámos a ter as contas Office 365. Esta alteração teve por base a visita do Dr. João Carlos Sousa e do Dr. Fernando Franco da ERTE, que de imediato nos distinguiram como Ambiente Educativo Inovador;
  • A partir de janeiro de 2017 começámos a usar o Onenote profissional e todos os alunos e professores passaram a ter o Office 365 como ferramenta de trabalho;
  • No ano letivo 2017/2018 começámos a usar o recém lançado TEAMS;
  • Em termos de dispositivos dos alunos, começámos com os Mymaga que se revelaram pouco eficientes dada a dimensão do projeto, por isso no ano letivo 2017/2018 passámos a utilizar máquinas da HP;
  • Fomos nomeados uma Microsoft Showcase School no ano letivo 2017/2018.
Realizamos, com frequência, formações para professores, de modo a que se apropriem das ferramentas cognitivas, nomeadamente as do Office 365.
No ano letivo 2018/2019 o projeto alargou-se a todas as turmas do 3º ciclo.
Mudámos o espaço de todas as salas de aula bem como a forma de trabalhar e o recurso à tecnologia numa ótica d BYOD

PEDAGOGIA

 

A pensar no futuro, com este projeto desenvolvem-se competências tecnológicas, colaborativas e cooperativas recorrendo a pedagogias ativas a maior parte do tempo, tais como:

Autorregulação das aprendizagens;

Trabalho colaborativo;

Sala de aula invertida;

B-learning;

Coaching.

 

 

 

 

ESPAÇO

 

Porque o espaço físico é um espaço de aprendizagem, este deve ser diferenciado de acordo com as suas funções.

O conforto e o bem-estar são essenciais para que o processo de ensino-aprendizagem decorra de forma motivante.

 

 

 

 

TECNOLOGIA

 

Os nossos alunos utilizam tablets hibrídos como suporte às aprendizagens onde acedem aos manuais, ao caderno diário bem como a apps que lhes permitirem trabalhar em rede e de forma autónoma.
No 3º ciclo, os desafios emocionais e intelectuais com que se deparam os alunos, exigem um currículo desenhado para permitir a aquisição de competências que os ultrapassem.

Nesta fase, os jovens abandonam o conforto da infância, vivendo as incertezas da entrada na adolescência e, em simultâneo, sentem a pressão de iniciar a definição do seu futuro académico e profissional, que irá consolidar-se no ensino secundário.

Assim, a organização curricular proporciona e harmoniza experiências afetivas, cognitivas, sociais e culturais.

A matriz curricular do 3º ciclo respeita as orientações do currículo nacional em vigor, com as adaptações definidas pelo Projeto Educativo do colégio.

A carga horária semanal está organizada, maioritariamente, em períodos de 90m e o currículo repartido por áreas curriculares disciplinares e áreas curriculares não disciplinares.

Marcos importantes no Projeto iClass

 

2016/ 2017

 

  • Em outubro de 2017, depois duma visita do Dr. Fernando Franco e do Dr. João Carlos Sousa, o Projeto iClass foi considerado, pela ERTE, um dos Ambientes Educativo Inovadores Portugueses;
  • Em janeiro de 2017, depois de uma visita da Microsoft, começámos a usar o Office 365;
  • No dia 18 de fevereiro, o Projeto iClass foi apresentado no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, a convite da ERTE;
  • Em maio de 2017, o Projeto iClass foi apresentado no Challenges do Instituto de Educação da Universidade do Minho;
  • Em maio de 2017, o Projeto iClass aparece na revista Noesis;
  • Em setembro de 2017, optámos pela utilização do TEAMS;
  • No dia 5 de julho, o Projeto iClass foi convidado a partilhar as suas boas práticas, na reunião nacional de Aveiro, sobre o Projeto de Autonomia e Flexibilidade ;
  • No dia 7 de julho de 2017, o Projeto iClass foi apresentado no encontro TIC@Portugal2017 da Educom, na Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade Nova de Lisboa;
  • Em julho de 2017, integrámos o Projeto de Autonomia e Flexibilidade, com as turmas de 7º ano (ano letivo 2017/2018);
  • Em agosto de 2017, dois professores do Colégio foram considerados Microsoft Innovative Experts pela Microsoft;
  • Em agosto de 2017, o Projeto iClass aparece em destaque na revista da Staples

 

2017 / 2018

 

  • Em outubro de 2017, fomos identificados como uma Microsoft Showcase School;
  • Em novembro de 2017, foi instituído o Dia do iClass (17 de novembro);
  • Em março de 2018 o Projeto iClass aparece em destaque no jornal O Correio da Linha;
  • No dia 20 de abril, os alunos do 8º C apresentaram o Projeto iClass, à Dr. Vânia Neto, diretora da Microsoft Educação;
  • No dia 12 de maio, o Projeto iClass esteve presente no Edu Day da Microsoft com apresentações por parte de alunos, professores e diretor.